Workshop Gestão e Negócio: desenvolvendo um comportamento empreendedor

No Workshop Gestão e Negócio, a Profª Thais falou em uma de seus palestras sobre comportamento empreendedor.
workshop

A Prof.ª Dra. Thais Adriana do Carmo foi uma das primeiras profissionais a ministrar uma palestra para os alunos de graduação da FAPUGA e pós-graduação do Nepuga no Workshop Gestão e Negócio

Com um vasto currículo acadêmico, ela é farmacêutica, tem MBA em Farmácia Estética e é coordenadora do curso de Gestão Hospitalar da Fapuga. 

“E uma coisa que tenho percebido nessa minha trajetória é que o profissional de saúde não é formado para empreender, nem como gestor para administrar qualquer coisa. Na verdade, nossa formação nos direciona para o exercício profissional, com conhecimento técnico para atuar. […] Hoje a gente não tem que se preocupar apenas em ser um bom profissional de saúde, mas precisamos saber nos inserir no mercado de trabalho”, explica a professora.

Pensando nisso, o tema abordado em sua palestra no Workshop foi Desenvolvendo um Comportamento Empreendedor, a fim de impulsionar esse conhecimento tão importante para que o profissional da saúde possa identificar oportunidades para empreender em sua carreira. 

Continue lendo e veja como construir essa mentalidade!

Conceitos diferentes: comportamento empreendedor X empreendedorismo 

Logo no início da palestra, a professora explica a diferença sobre comportamento empreendedor e empreendedorismo, que alguns confundem e falam ser a mesma coisa, mas não são. 

“Comportamento empreendedor é algo mais abrangente, um conceito que a gente traz para a vida profissional. É um comportamento que vai direcionar minha carreira e que o mercado de trabalho espera que a gente tenha. Não cabe mais um profissional que seja acomodado e não saia da sua zona de conforto, alguém que tenha visão de futuro”, diz.

E citando o autor Joseph A. Schumpeter, a professora explicou sobre o empreendedorismo, que tem seu princípio no sistema capitalista, que necessita de novidades e novos produtos para se vender. 

Para isso, é necessário que se desenvolvam novos produtos, novos métodos de produção e novos mercados. E, consequentemente, para criar a novidade, é preciso refutar o que é velho, e estar sempre atento ao seu redor é o que move o mundo.

Workshop: Comportamento empreendedor na Estética

O profissional esteta, a partir de uma mentalidade empreendedora, pode identificar no mercado de trabalho oportunidades para inovar e oferecer serviços que as pessoas estão procurando no momento.

O ato de empreender é identificar, analisar e implementar oportunidades de negócios com foco na inovação e na criação de valor. Um exemplo que a professora usou, pensando no mercado de estética, é analisar o espaço onde deseja abrir seu negócio, analisar se há mais locais próximos que oferecem os mesmos serviços e se você estará próximo ao seu público-alvo.

Para isso, é fundamental pensar em como se destacar no mercado e observar como está o seu mercado de trabalho, o seu setor. É preciso ser otimista, olhar uma crise sempre como uma oportunidade para evoluir. Além disso, suas ações precisam se basear nas necessidades do seu mercado. 

Características de um empreendedor

Um profissional com a mentalidade empreendedora, que sempre pensa “fora da caixinha”, tem algumas características em comum, como:

  • Otimismo: bem diferente de um sonhador, o otimista sempre espera o melhor de uma situação. 
  • Autoconfiança: ele acredita em si mesmo, sabe que tem talento e os valoriza e defende suas opiniões.
  • Arrisca: mas de forma calculada, racional.
  • Coragem: o empreendedor não teme o fracasso ou rejeição, ele acredita na mudança e em si mesmo.
  • Persistência e resiliência: o profissional que acredita em seus projetos supera seus desafios e segue até o objetivo final.

Competências e habilidades do empreendedor  

As competências e habilidades é possível desenvolver ao longo do processo de desenvolvimento pessoal e profissional e para se tornar um empreendedor.

  • Ter um profundo conhecimento técnico sobre o produto/serviço que pretende oferecer sobre o mercado;
  • formaliza estratégias e faz uso de ferramentas de planejamento e controle;
  • delega e treina seus empregados para lidar com o inesperado.

Tipos de Empreendedores

A professora ainda complementa falando que quando falamos de empreendedores, não nos referimos apenas ao dono de um negócio, mas sim a três tipos de perfil:

  • Empreendedor de negócios: aquele que identifica oportunidades no mercado, planeja e constrói novas empresas;
  • Empreendedor interno: o indivíduo que promove as mudanças dentro da empresa em que trabalha, reinventa a empresa e os negócios;
  • Empreendedor comunitário ou social: aquele que promove mudanças, reúne recursos e constrói em benefício da comunidade – voluntariado; terceiro setor.

E agora, você já sabe se tem mentalidade de empreendedor e o que fazer no ramo da Estética? Deixe seu comentário aqui embaixo! 😉

Quer assistir os detalhes dessa palestra? Acesse a aba de eventos do seu portal do aluno.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Se você deseja mudar o seu estilo de vida, está em busca de mais qualidade e novos sonhos, a Fapuga pode ajudá-lo a começar algo novo este ano.

© 2022 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - TERMOS DE PRIVACIDADE                        Feito pelo Grupo Puga&Nunes ❤