Governança Corporativa: o segredo para o crescimento do seu negócio de forma estruturada

Por Rogério Matofino, estrategista de negócios e professor na Fapuga O desenvolvimento do seu negócio é, sem dúvidas, um dos assuntos que não saem da cabeça de qualquer empresário ou gestor. Vendas, faturamento, marketing, clientes. Muitos fatores são determinantes para o crescimento na participação de mercado, seja ele qual for. Entretanto, muitos empreendedores esquecem de […]
governança corporativa

Por Rogério Matofino, estrategista de negócios e professor na Fapuga

O desenvolvimento do seu negócio é, sem dúvidas, um dos assuntos que não saem da cabeça de qualquer empresário ou gestor. Vendas, faturamento, marketing, clientes. Muitos fatores são determinantes para o crescimento na participação de mercado, seja ele qual for.

Entretanto, muitos empreendedores esquecem de investir em um dos aspectos mais fundamentais para uma expansão estruturada, sólida e sustentável: a Governança Empresarial.


A importância da Governança Empresarial

Embora seja um conceito cada vez mais difundido, a Governança Empresarial ainda suscita algumas dúvidas e confusões. Trata-se de um formato sistematizado de gestão, monitoramento e incentivo entre os diversos agentes envolvidos na administração do empreendimento.

Por meio dele, sócios, conselho de administração, diretoria, órgãos de fiscalização e controle têm suas relações pautadas por boas práticas – são guiados por princípios básicos, alinhados à cultura organizacional e focados na preservação e expansão da empresa.

Muitas pessoas ainda demonstram insegurança em relação ao tema, pois acreditam que a Governança Corporativa aumenta a burocratização dos processos gerenciais. Entretanto, quando aplicada da forma correta, traz uma série de benefícios que veremos a seguir.

Contribui para a qualidade da gestão da organização, aumenta seu valor de mercado e facilita o acesso a importantes recursos. Entre suas principais funções, podemos citar a garantia de um processo permanentemente transparente e a sensível redução de riscos para investidores.


Os quatro pontos básicos

A Governança Empresarial é apoiada em quatro pontos que, coordenados, garantem o aperfeiçoamento da rotina administrativa e nos resultados dos negócios. São eles:

  • Equidade 

A isonomia entre toda a cadeia de decisão e demais stakeholders devem ser levados a sério. Direitos, deveres, necessidades, interesses e expectativas são peças fundamentais no sistema de controle interno.

  • Accountability 

A Prestação de Contas deve ser desenvolvida de maneira clara e compreensível. Assim, as responsabilidades são distribuídas em uma matriz para que cada agente possa cumprir suas tarefas e responder por eventuais falhas no processo.

  • Responsabilidade Corporativa 

A viabilidade econômico-financeira – levando sempre em consideração as particularidades de cada corporação – necessita ser, além de um objetivo, um caminho trilhado no dia a dia.

  • Transparência 

A Governança Empresarial oferece ferramentas para que, de forma ampla, todos os interessados tenham acesso às variadas informações que compõem a vida do negócio.


Governança Corporativa e suas vantagens

Com as condições básicas para uma boa sistematização, a empresa passa a usufruir de uma série de vantagens que podem fazer a diferença para seu crescimento estruturado. 

Entre elas estão:

Competitividade

O processo de Governança Empresarial garante o cumprimento de procedimentos básicos e norteia o processo de tomada de decisões. Além disso, costuma reunir de forma sistematizada agentes de diferentes capacidades e setores – garantindo um processo mais completo e heterogêneo no desenho das estratégias.

Profissionalização

Nem todos os empreendedores possuem a capacitação técnica necessária para gestão dos diversos processos empresariais. A sistematização dos processos gerenciais pode ser uma grande aliada no momento de avaliar as melhores estratégias nos diversos âmbitos necessários à saúde da empresa.

Evita erros e fraudes

Quando seguidos os princípios básicos vistos acima, a gestão é caracterizada pela transparência e pela responsabilidade dos colaboradores. A constante prestação de contas junto ao conselho de administração garante a tranquilidade de acionistas e investidores.

Aliada dos processos de sucessão

Um dos momentos mais delicados na trajetória de uma empresa pode ser amplamente beneficiado pela Governança Corporativa. A garantia de que os novos responsáveis terão apoio e direcionamento para um caminho de expansão pré-definido é também um fator de segurança para investidores, colaboradores e clientes. 


Mas como aplicar um sistema de controle de gestão na minha empresa?

As vantagens obtidas por empresas que optam por um sistema de Governança  Empresarial costumam ser visíveis. Porém, nem sempre é simples a mudança de paradigmas administrativos já estabelecidos. Seja por conta da cultura organizacional, seja pela dificuldade de olhar para a própria organização de forma pragmática.

A busca por profissionais de consultoria pode ser a melhor opção para obter os resultados esperados. Quando somos orientados por uma pessoa ou grupo interessado em desenvolver o negócio, temos as condições necessárias para olhar e analisar a empresa como um todo. 

É imprescindível para os resultados, ainda, que se faça uma análise 360º detalhada de todas as áreas: marketing, vendas, jurídico, diretoria e atendimento. Somente assim, com a empresa bem estruturada, é possível ver resultados excelentes em termos de lucratividade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Se você deseja mudar o seu estilo de vida, está em busca de mais qualidade e novos sonhos, a Fapuga pode ajudá-lo a começar algo novo este ano.

© 2022 TODOS OS DIREITOS RESERVADOS - TERMOS DE PRIVACIDADE                        Feito pelo Grupo Puga&Nunes ❤